.

Acompanhe nossas aulas em vídeo. Entenda o seu direito na prática. veja todas

Encontro 3 – Dano material e dano moral
Entenda a diferença entre dano material e moral em linguagem simples.
Encontro 4 – Danos em acidente de veículos

Conheça os requisitos para ingressar com uma ação de reparação de danos.
Encontro 5 – União estável

Conheça as características e requisitos da ação que busca reconhecer a união estável.
Encontro 6 – Investigação de paternidade

Conheça os fundamentos e objetivos da investigação. Quem pode propor, prazos etc.

.

Inscreva-se no canal youtube

1. ASPECTOS GERAIS: a) legitimidade; b) requisitos da inicial; c) conseqüência da procedência da ação em face dos alimentos.

2. QUESTO CONTROVERTIDA: GENITORA DA CRIANÇA, QUE ÉPOCA DA CONCEPÇÃO DA AUTORA, MANTINHA CONTATO COM VÁRIOS HOMENS, UMA VEZ QUE EXERCIA A PROSTITUIÇÃO, FATO DEMONSTRADO NOS AUTOS.

TJMG: é improcedente a ação de investigação de paternidade na hipótese de restar demonstrado pelo conjunto probatório que a genitora da criança, àépoca da concepção da autora, mantinha contato com vários homens, uma vez que exercia a prostituição (acórdão publicado na Revista Brasileira de Direito de Família 5/131).

3. QUESTÃO CONTROVERTIDA: AUTORA E RÉU QUE SE SUBMETEM, DEPOIS DO JULGAMENTO DE PROCEDÊNCIA DA AÇÃO INVESTIGATÓRIA, A EXAME DE DNA, QUE NÃO HAVIA SIDO REALIZADO DURANTE A TRAMITAÇÃO DO PROCESSO, CUJO LAUDO APONTOU A EXCLUSÃO DA PATERNIDADE. T) RS: tendo a autora, sua mãe e o réu se submetido, depois do julgamento, a exame pelo método do DNA, que não foi realizado no processo, e tendo o laudo pericial apontado a exclusão da paternidade, procede a pretensão de ver rescindido o acórdão pois inexiste o liame biológico, havendo claro erro de fato que foi demonstrado pelo documento novo (acórdão publicado na Revista Brasileira de Direito de Família 3/134).

4. QUESTÃO CONTROVERTIDA: FILHO HAVIDO NA CONSTÂNCIA DO CASAMENTO. PROPOSITURA DE AÇÃO INVESTIGATÓRIA CONTRA QUE ENTENDE SER SEU VERDADEIRO PAI. QUESTÃO DA FALSIDADE DO REGISTRO CIVIL

STJ: o filho havido na constância do casamento tem legitimidade para propor ação de investigação de paternidade contra quem entende ser seu verdadeiro pai, nada obstando que prove a falsidade do registro no âmbito da ação investigatória. O cancelamento do registro, em tais circunstâncias, será conseqüência lógica e jurídica da eventual procedência da ação de investigação, não se fazendo necessária a cumulação de pedidos (Resp. n. 119.866-SP, Rel. Min. Waldemar Zveiter, RT 764/180).

5- QUESTÕES RELATIVAS A PROVA NA AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE:

PROVA PERICIAL DETERMINADA DE OFÍCIO – ADMISSIBILIDADE – POSIÇÃO DO STJ: tem o julgador iniciativa probatória quando presentes razões de ordem pública e igualitária, como, por exemplo, quando se esteja diante de causa que tenha por objeto direito indisponível (ações de estado), ou quando o julgado, em face das provas produzidas, se encontre em estado de perplexidade ou, ainda, quando haja significativa desproporção econômica ou sócio-cultural entre as partes (JSTJ, janeiro 1999, vol. l, pág.
314); \

PROVA PERICIAL (HLA ou DNA) EM AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE – REALIZAÇÃO SEMPRE RECOMENDÁVEL – POSIÇÃO DO STJ: é sempre recomendável a realização de perícia para investigação genética (DNA ou HLA), porque permite ao julgador um juízo de fortíssima probabilidade, senão de certeza na composição do conflito (Resp 38.451- MG, Rei. Min. Ruy Rosado de Aguiar);

RECUSA DO RÉU EM SUBMETER-SE AO EXAME PERICIAL – POSIÇÃO DO STJ: no contexto da prova indiciaria desfavorável ao réu, por si só insuficiente para a certeza da imputação da paternidade, a recusa em submeter-se ao exame pericial faz certo, do ponto de vista processual, o que já era provável. O juízo saberá dar à recusa do réu o efeito jurídico-processual pertinente, no âmbito da prova e da distribuição do ônus de
produzi-la (Resp 165.373-RS, JSTJ, outubro 1999. vol.10, pág.222).

2. ALIMENTOS PROVISÓRIOS EM AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE – POSSIBILIDADE – REQUISITOS: possível a concessão de alimentos provisórios em ação investigatória havendo prova razoável da alegada paternidade e demonstrados os pressupostos específicos. O conjunto probatório deve decorrer de suficiente prova documental (nesse sentido: TJRS, Revista Brasileira de Direito de Família 1/137).

3. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE CUMULADA COM PETIÇÃO DE HERANÇA – PARTILHA EFETIVADA NO INVENTÁRIO DOS BENS DEIXADOS EM RAZÃO DO FALECIMENTO DO SUPOSTO PAI – CONSEQÜÊNCIAS: a) desnecessário o ajuizamento de ação de nulidade de inventário, quando o herdeiro reconhecido em investigação de paternidade não participou da partilha, sendo nesta, terceiro estranho (STJ, RJ 222/85);

b) possibilidade de reserva de bens no inventário, como medida cautelar, para assegurar quinhão de eventual herdeiro, cuja filiação está sendo questionada na ação investigatória (STJ, RJ 224/105).


Consulta jurídica

.

Consulta jurídica: A orientação jurídica é fundamental para o sucesso da sua empresa ou de suas decisões pessoais. Uma orientação adequada abre horizonte e paradigmas para um caminho seguro. Consulte-nos sobre o seu caso concreto. Nossa equipe de especialistas irá lhe orientar de maneira que você tome a melhor decisão. Não raro realizamos certos atos que nos arrependemos, seja porque não sabíamos seja porque acreditávamos que estava fazendo ou a coisa certa ou ainda pelo simples fato de não ter visualizado outros caminhos.

Consulta jurídica

Formulário de consulta jurídica online



Conheça os seus direitos na prática veja todas

Sociedad de fato
Busca e apreensão..
Ação Civil Pública
execução
Ação reivindicatória..
Ação de alimentos
Ação monitória
Busca e apreensão..
.

Fale bem em público

Conheça o Prof. Rodrigo Garcia

Rodrigo Garcia é advogado há 17 anos, coach, formando em programação neurolinguística, pós graduado em hermenêutica jurídica, proprietário da Central de Cursos – treinamentos executivos, uma inovadora escola de negócios para empreendedores. É sócio proprietário do escritório de advocacia – Garcia Advocacia, atua na realização de sustentações orais em tribunais de justiça e tribunais superiores. Especializou-se na arte de falar bem em público competência que é essencial para o mundo dos negócios, para alavancar a carreira, melhorar relacionamentos, ganhar autoconfiança e atingir objetivos.



.

Contate-nos

Garcia Advocacia é um escritório jurídico com atuação no triângulo mineiro. Contamos com uma equipe estudiosa, disciplinada e ética, ancorada, sobretudo, na qualificação profissional.

GARCIA ADVOCACIA – Advogados associados
Av. Floriano Peixoto, 615 – 1º andar – sobreloja
Loja comercial – salas 101 e 102 – Uberlândia/MG
Telefone Fixo: (34) 3255-5060 – (34) 9.9877-7080
E-mail: garcia@garciaadvocacia.com.br

Formulário de contato




Fale no WhatsApp